PEI

O Que é o PEI?

O PEI (Programa de Enriquecimento Instrumental) é um Programa que desenvolve a autonomia e flexibilidade do pensamento e que beneficia o sucesso escolar e a atividade laboral. Criado pelo Prof. Feuerstein (psicopedagogo, discípulo de Piaget), o PEI tem prestígio mundial, tanto no âmbito educativo como na formação profissional.

Fundamentos teóricos do PEI

Teoria da Modificabilidade Cognitiva Estrutural

Teoria que entende a mente como o estado de flexibilidade do indivíduo face à aprendizagem, que pode ser alterado em qualquer idade graças à sua interação com o mundo.

Teoria da Experiência de Aprendizagem Mediada

Teoria que justifica o desenvolvimento cognitivo diferencial das pessoas (adequado ou inadequado) graças à presença de um mediador na interacção do sujeito com o mundo, que origine «novos esquemas» na sua forma de reagir perante novas situações.

 Avaliação da Propensão de Aprendizagem

Com base no conceito de Zona de Desenvolvimento Potencial de Vygotsky, afirma-se a possibilidade de avaliar o potencial de aprendizagem das pessoas (o chamado potencial mental inativo) por indicar o que não são capazes de fazer sozinhas, mas são capazes com a ajuda de um mediador.

Objetivos Específicos do PEI

Melhorar a eficácia no desempenho profissional e na formação (escolar e profissional) na medida em que:
• Desenvolve o potencial de aprendizagem autônoma ao longo da vida
• Aumenta a flexibilidade a adaptabilidade às novas circunstâncias
• Otimiza a comunicação e o trabalho em equipe

Efeitos positivos do PEI

O desenvolvimento das funções mentais, que o PEI promove, traduz-se posteriormente em:
• Uma nova motivação para a resolução de problemas:
• Um maior discernimento na experiência do sucesso e do insucesso.
• A transformação de sujeitos passivos em sujeitos geradores de informação.
• Uma maior facilidade de adaptação a novas circunstâncias.
• Uma otimização na comunicação e espírito de equipe.

Feuerstein

O autor e criador do PEI é o Professor de Psicologia Educacional Reuven Feuerstein, Fundador e Diretor do Hadassah - WIZO - CANADA Research Institute, em Jerusalem.Baseia-se em Piaget, mas vai mais longe. Piaget considerava a inteligência como um produto da maturidade biológica do homem combinada com a sua interação ao ambiente. Feuerstein defende a possibilidade de aumentar o próprio potencial de aprendizagem. Há meio século que estuda um sistema para melhorar a aprendizagem e que modificaria radicalmente a forma como as escolas habitualmente funcionam.Experimentou com sucesso uma metodologia (PEI) no seu trabalho com jovens considerados "incapazes de aprender", seja por danos cerebrais ou outro gênero de privação. Posteriormente alargou-se a sua aplicação a toda a população escolar, a investigadores e a empresas especialmente ligadas à melhoria da qualidade.O PEI destina-se a todas as pessoas, independentemente da idade, do nível de escolaridade e de experiência profissional. No entanto, a organização, conteúdo, programa e duração, dependem das características da população alvo e dos objetivos específicos pretendidos.

Fonte: www.pei.isp.pt/sabermais